COMPARTILHE EM SUAS REDES

A compra de carros usados se tornou uma opção interessante para aqueles que não querem investir muito na hora de comprar um zero km. Mesmo assim, prestar atenção em alguns detalhes na hora de procurar ou negociar um automóvel usado tornou-se essencial, principalmente se essa busca for feita por meio da internet.

Sabe aquele famoso ditado de que o barato pode sair caro? É isso o que acontece quando você se deixa enganar por anúncios duvidosos e fotos editadas que não mostram o veículo real.

Por conta disso, não dá para deixar de considerar alguns pontos na hora de negociar um carro usado. Para quem não tem muito conhecimento sobre mecânica, pode ser um pouco mais difícil, mas ainda existem outras coisas que qualquer pessoa pode observar: afinal, nada melhor do que fazer um bom negócio e não se meter em ciladas, não é mesmo?

Vamos conhecer, então, dez coisas para observar na hora de comprar um usado:

  1. Verifique o desgaste da pintura
  2. Fique atento à conservação de bancos e forrações
  3. Ouvidos atentos…
  4. ...e nariz também!
  5. Identifique peças customizadas
  6. Procedência do carro seminovo
  7. Verifique o motor
  8. Analise a embreagem e o freio
  9. Confira o manual
  10. Quem está vendendo?

Afinal, como comprar um carro usado com segurança?


1 - Verifique o desgaste da pintura

A primeira coisa - e talvez a mais visível - a se fazer na hora de observar um carro usado é a sua pintura. Seja um automóvel mais antigo ou um seminovo, é muito fácil perceber se a pintura ainda está em boas condições ou se já tem marcas de riscos ou, até mesmo, se sofreu os efeitos de exposição excessiva ao sol.

Por meio de um anúncio na internet, pode ser complicado ter certeza se a pintura está realmente boa ou não. Por isso, não deixe de exigir uma visita pessoalmente para fazer essa avaliação.

Com o veículo à sua frente, tente procurar por alguns indícios: diferenças de tonalidade, de textura, no alinhamento das portas, capô, porta-malas. Tudo isso, caso não esteja em bom estado, exigirá de você um trabalho maior para ser recuperado, sendo preciso investir ainda mais em um serviço de pintura ou chapeação.

E tem mais: verificar esses detalhes antes de comprar um seminovo pode até fazer com que o valor negociado seja reduzido.

2 - Fique atento à conservação de bancos e forros

Além da pintura, outro item a ser observado em um carro usado é o seu interior, mais especificamente seus bancos e forrações, já que não é sempre que você vai encontrar um automóvel usado, mesmo que seja um seminovo, praticamente sem defeitos, certo?

Primeiro, espie se há manchas ou desgaste do estofamento. Depois, olhe também o forro do teto e os plásticos do painel e confirme se estão em bom estado. Se você quer se livrar de emboscadas e fazer um bom negócio, o interior do veículo deve estar devidamente limpo e bem cuidado - caso contrário, você pode optar por recusar o automóvel ou oferecer uma redução no valor final.  

Interior de carro em visão grande angular mostrando detalhes do veículo
É preciso olhar atento com detalhes nos bancos e estofados, que podem estar rasgados ou manchados

3 - Ouvidos atentos...

Mais um detalhe para observar em um carro usado é a presença de ruídos. Sabe aqueles barulhos chatos de porta rangendo e molas desgastadas? E aqueles mais específicos, que você sabe que vem de alguma peça mecânica, mas não consegue descobrir qual? Mesmo que não saiba identificar a causa do ruído, notar sua existência  já deixa você à frente na negociação.

Ruídos, em alguns casos, podem significar que uma peça não está funcionando como deveria e, assim, colocar sua segurança em risco. Se você não tem habilidades mecânicas, apenas preste atenção a qualquer barulho que possa parecer estranho e faça perguntas ao vendedor para entender o que está acontecendo.

O melhor, nesses casos, é fazer um test-drive, pois nem sempre os ruídos poderão ser notados sem dar aquela voltinha com o carro!

4 - ...e nariz também!

Enquanto o ruído pode não ser tão fácil de ser identificado, odores podem ser sentidos assim que se abre a porta. Já sentiu um cheiro estranho assim que entrou no carro de um fumante? Pois é! É o odor do tabaco que está impregnado nos plásticos e nos bancos.

Se você se incomoda com esses cheiros e, principalmente, não é fumante, talvez seja a hora de reconsiderar a compra. Odores assim são um tanto complicados de serem eliminados, já que o tabaco consegue adentrar profundamente no interior do veículo. Talvez você precise contar com algumas receitinhas caseiras e ainda nem tenha certeza de sucesso.

Outros odores, como cheiro de pneu queimado, também servem de alerta e podem colocar sua negociação em risco, então não deixe de fazer um test-drive para se certificar que tudo está em seu mais perfeito estado.

5 - Identifique peças customizadas

A customização é outro ponto que deve ser observado na hora de adquirir um carro usado ou seminovo. Esse fator não costuma ser um problema se você não se importa com carros customizados, mas pode ser um complicador quando essa personalização é excessiva.

O ponto é: veja se os acessórios implementados no carro podem ser retirados antes da negociação ser concluída e busque saber quais são os equipamentos originais. Essa é uma questão muito importante, pois, caso você opte por vender seu veículo, há compradores que não se interessam por automóveis que não tenham suas peças originais.  

Se você for um fã de customizações, carros que passaram por esse processo podem ser muito atrativos e dar aquele toque diferente que você estava procurando. Contudo, fique atento se o gosto do vendedor combina com o que você mexeria no carro. Leve em consideração que  pode ser que um dia você enjoe das mudanças realizadas, se elas não puderem ser modificadas ou retiradas. Vale a pena correr o risco?

6 - Procedência do carro seminovo

Não precisamos nem falar que conhecer a procedência do carro usado é um fator primordial na hora de negociar, não é?

O caso, aqui, é o seguinte: se o carro tiver algum problema, as seguradoras podem recusar a proteção para o seu veículo. Portanto, na hora de comprar um automóvel usado, é sempre bom saber de quem você está comprando e por onde o carro já passou. Procure realizar um laudo cautelar que atesta sua procedência, deixando você mais tranquilo em relação a esse ponto.

7 - Verifique o motor

Um fator mecânico e que nem todo mundo pode estar preparado para avaliar é o motor.

Reconhecer seu estado é a chave para entender se você está fazendo um bom negócio adquirindo um veículo usado, pois o motor é o coração do automóvel e, se você já encontrar algum defeito nele, talvez seja o momento de repensar.

Caso precise de uma reparação no motor, os valores podem ultrapassar muitos milhares de reais, a depender do problema identificado. Será que você está disposto a arcar com mais esse custo?

Nessa avaliação, considere, ainda, ter um mecânico profissional com você, para que você tenha ainda mais certeza das condições do motor.

Mecânico em oficina verificando nível de óleo em carro com capô aberto
Avaliar toda a parte mecânica do carro usado é crucial antes de decidir pela compra

8 - Analise a embreagem e o freio

Assim como verificar o motor é um ponto muito importante na hora de comprar carro novo, averiguar a embreagem também é.

O conjunto motor e transmissão precisa estar em pleno funcionamento para que você consiga usar o carro com tranquilidade e em segurança, então, sempre que for avaliar um veículo usado para comprar, veja a regulagem da embreagem, qual a última vez que ela foi trocada, como estão suas molas, se muito duras ou moles demais.

Todos esses detalhes farão a diferença na hora de comprar um automóvel e, qualquer que seja o problema, ele poderá ser identificado antes de você cair em uma cilada.

Da mesma forma, não custa nada ver como estão os freios, se seus discos estão muito desgastados, afinal, você não quer comprar um carro que vai te deixar na mão bem na hora de frear, não é mesmo?

9 - Confira o manual

Conferir o manual também entra na lista de coisas para observar na compra de um carro usado. Esse documento não serve apenas para ficar guardado dentro do porta-luvas do carro, sendo usado apenas quando surgir alguma dúvida. É o manual, no fim das contas, que vai mostrar o histórico do automóvel.

Nas últimas páginas do manual, você deverá encontrar algumas etiquetas datadas da concessionária que mostram dados de compra e até de revisões realizadas.

Aproveite para ver se todos esses selos estão devidamente preenchidos e se as revisões foram feitas com a periodicidade ideal. Caso tudo esteja dentro dos conformes, então você tem boas chances de estar garantindo um bom veículo..

10 - Quem está vendendo?

Enfim, precisamos falar sobre um dos pontos que talvez tenha a maior relevância da lista: a compra com confiança.

De nada adianta você ter um carro usado ou seminovo em perfeitas condições se você vai ter problemas com o dono dele, não é? Então, é sempre fundamental que você pesquise não só o carro, mas a procedência de seu proprietário também.

Você não precisa se tornar um detetive particular, investigando a vida do sujeito, mas é bom ter uma conversa amigável e tentar obter alguma informação. Se você encontrar algo estranho ou duvidoso, pode ser mais interessante reconsiderar a negociação.

Além disso, aquela ajudinha do seu mecânico de confiança fará toda a diferença nesta etapa. Se você optar por comprar o seu carro usado em uma loja ou em uma concessionária, vale a pena, também, verificar se outros clientes tiveram uma boa experiência.

Afinal, como comprar um carro usado com segurança?

O momento de comprar um carro usado é decisivo e, mesmo sabendo como observar todos os detalhes que passamos, você pode pensar: “Mas eu não tenho tempo ou paciência para isso. Ainda posso ter meu seminovo?”

É claro que pode. Nem todo motorista é um especialista em mecânica ou design de automóveis e muitos serviços recentes buscam ajudar compradores a investirem em um novo veículo com segurança e sem medo de errar. Um deles é a CARUPI, uma solução inovadora no mercado de compra e venda de carros que nasceu para oferecer o máximo de conforto, praticidade e segurança na compra do seu automóvel.

Jovem em frente a computador segurando smartphone acessando aplicativo da Carupi
Comprar carros usados online  na CARUPI é certeza de procedência, tranquilidade e conforto para você


Com a CARUPI, todo o  processo se torna muito simples: em seu celular ou computador, você acessa um amplo catálogo de veículos apurado por nossos analistas, que já avaliaram muitos dos quesitos que listamos acima e certificaram a origem  dos carros. Nosso time de especialistas está pronto para entregar em suas mãos apenas os melhores negócios.

Você não precisa se preocupar em encontrar um mecânico disponível para avaliar o veículo e nem se desesperar com ruídos assustadores e vendedores desconhecidos. A CARUPI cuida de tudo isso para você. Basta escolher o carro que melhor atende sua necessidade e cabe no seu orçamento: nós levamos ele até sua casa para testar, sem qualquer custo. A papelada? Também corremos com isso e você assina tudo de casa. Fácil, rápido e com segurança, do jeito que você queria.

Não é demais saber que agora você pode contar com a experiência e a conveniência de um time dedicado a livrar você de enrascadas e encontrar o carro perfeito para suas necessidades? Saiba mais sobre a CARUPI e como estamos revolucionando a experiência de compra, venda e troca de veículos!