COMPARTILHE EM SUAS REDES

Seu carro está - ou vai ficar - parado por muito tempo na garagem? Saiba que este período de férias para seu veículo pode afetar de forma crucial a vida útil dele. Afinal, você sabe: automóveis foram feitos para rodar por aí, e não para ficarem inertes, sem movimento, em casa.

Porém, se você precisar dar uma folga para seu companheiro de quatro rodas, é importante saber como deixar seu carro parado por muito tempo sem causar danos ao veículo.

Índice

• Por que guardar seu carro por longo tempo?

• Prejuízos de deixar o carro parado por muito tempo

     • Quanto tempo o carro pode ficar guardado?

• Como preparar o carro para ficar guardado por muito tempo

• Como voltar a usar o veículo parado

• É melhor guardar ou vender seu carro?

Por que guardar seu carro por longo tempo?

Diversos motivos podem levar alguém a deixar seu carro sem uso por um tempo, e essa realidade se tornou ainda mais comum a partir de 2020, com a chegada da pandemia de coronavírus. O isolamento social, ou seja, a necessidade de permanecer em casa para evitar a disseminação do vírus, fez com que muitas pessoas deixassem de realizar diversas atividades do dia a dia com o seu veículo, como ir trabalhar ou fazer compras, entre outras. 

Os novos hábitos forçaram boa parte da população a deixar o seu carro guardado, sem uso, mas essa prática sempre foi muito comum, motivada por necessidades variadas.

Entre as razões para deixar o veículo parado por tanto tempo estão viagens muito longas, dentro e fora do Brasil, mudança temporária para outras localidades (projetos de trabalho, por exemplo), mudanças de rotina que reduziram a necessidade de uso, excesso de carros na garagem, irregularidades na documentação, motivos de saúde e situações onde o carro tem finalidade de exibição, e não de uso corriqueiro. Este é o caso dos veículos de colecionadores, por exemplo.

Outra situação muito comum que colabora para que carros fiquem parados é quando as concessionárias e pátios mantém muitos veículos que não vendem em seu estoque. Neste caso, é necessário ainda mais atenção, pois há chance de haver múltiplos prejuízos.

Carro estacionado em frente a porta de garagem e coberto com lona para ficar parado por muito tempor
Deixa seu carro parado por muito tempo pode gerar prejuízos ao veículo (Imagem: Unsplash)

Prejuízos de deixar o carro parado por muito tempo

Muitos motoristas já ouviram que é essencial dar partida no carro de tempos em tempos para manter a “saúde” do carro, mas quando isso não é possível, o que pode acontecer?

Quando você deixa o seu carro muito tempo parado, pode causar diversos problemas nos pneus do automóvel, no sistema de embreagem e freio, no ar-condicionado e até no tanque de gasolina. No entanto, estas não são as únicas desvantagens possíveis. 

Há grandes chances de que problemas com a bateria, computador de bordo e outras funcionalidades, que podem acabar sendo desprogramadas. Assim, tenha sempre em mente: carros são feitos para rodar e não para ficarem parados. 

Quanto tempo o carro pode ficar guardado?

Deixar o carro sem uso por 20 dias já é arriscado, e um mês parado significa que o seu veículo ultrapassou o limite saudável para permanecer “hibernando”: depois desse período, é quase certo que você encontrará algum problema e precisará fazer manutenções.

Como preparar o carro para ficar guardado por muito tempo

Mesmo sabendo que esta atitude não é a melhor opção, ela pode ser a sua única alternativa. Por isso, confira as melhores dicas de como preparar o seu carro para ficar parado na garagem e minimizar as chances de eventuais problemas posteriores. 

  1. TROQUE O ÓLEO

Embora o óleo veicular sirva para lubrificar as peças, em veículos que vão ficar um período considerável sem uso, o líquido torna-se uma fonte de oxidação. Por isso, antes de deixá-lo parado, substitua o óleo do motor, o filtro e o fluido de freio. Aproveite também para verificar se a tampa do reservatório está bem fechada, essa ação é importante para evitar a entrada de umidade.

Homem calibrando pneu de carro em elevador automotivo de oficina mecânica
Calibre os pneus do seu veículo antes de deixar por muito tempo parado na garagem (Imagem: Pexels)
  1. CALIBRE OS PNEUS

Esse período estacionado colabora para que o pneu acabe se esvaziando aos poucos. Assim, a dica é: antes de deixar o carro parado, faça a calibragem e encha o pneu com a pressão máxima estabelecida pelo fabricante para situações onde o veículo está com carga pesada. Não exagere, pois o excesso pode causar deformações nas peças. O máximo que você pode colocar a mais em situações como essa é de 20% de ar.

  1. TIRE OS LIMPADORES DE PARA-BRISA

Retire os para-brisas do seu veículo, pois, quando a borracha fica parada muito tempo, ela começa a derreter e a grudar. Assim, coloque essa tarefa na sua lista antes de deixar o carro parado por muito tempo. Caso não seja possível, afaste-os do vidro.

  1. CUIDE DA BATERIA

Desligue os dois pólos da bateria antes de deixar o seu carro parado na garagem. Mesmo com o veículo desligado, sistemas como alarmes e rastreadores consomem bateria. Segundo especialistas, essa ação fará com que o componente mantenha carga suficiente por um período de 10 a 30 dias. 

É importante ressaltar que ao fazer isso, seu carro vai perder dados dos equipamentos eletrônicos, como ajustes de hora. Por isso, só faça essa ação se o seu veículo for ficar em um local seguro, no qual não é necessário o uso de alarmes. O nível de qualidade e vida da bateria do seu carro vai impactar diretamente nesta medida. Quanto mais antiga, mais fácil de ser danificada pelo período em desuso. 

Mão de mulher girando chave de carro para dar partida no veículo que ficou parado por muito tempo
Dar partida no carro ou dar umas voltas de vez em quando é importante (Imagem: Freepik)
  1. DEIXE O TANQUE CHEIO

Embora hoje os combustíveis permaneçam até 3 meses sem estragar, se você pretende deixar mais tempo do que isso, é necessário que você encha o tanque do carro. A degradação do combustível pode ser muito prejudicial para o seu automóvel. 

Manter o tanque cheio é importante, pois o processo que danifica o carro ocorre pelo tanque ter contato com o oxigênio. Quanto mais cheio, menor a superfície exposta ao ar. É importante também ressaltar que as gasolinas premium duram mais que as comuns. Se o seu carro é flex, opte por etanol, pois o tempo de validade é ainda maior devido à composição química do álcool. 

  1. DÊ UMAS VOLTAS QUANDO POSSÍVEL

Se a situação permitir, reserve pelo menos 20 minutos da sua semana para dar uma volta com o seu carro: dar a partida apenas não é suficiente para garantir a saúde do automóvel. O ideal é fazer isso pelo menos 2 vezes por semana, mas caso não consiga, uma vez já vai melhorar a situação do veículo.

Close em rodas de carro vermelho sendo lavado, com espuma escorrendo pela carroceria
Lavar o seu carro é um dos principais passos para guardá-lo por muito tempo (Imagem: Pixabay)
  1.  LAVE BEM O SEU CARRO

Antes de guardá-lo, faça uma limpeza completa, tanto na parte interior quanto na exterior. Restos de comida e poeira podem ser um ambiente propício para a proliferação de bactérias e até servem para atrair animais. Seque bem o carro para evitar que a umidade proporcione mofo. É recomendável também retirar os carpetes e armazená-los em um lugar seco e arejado. 

Já na parte de fora, cuidado com restos de sujeira, fezes de pássaros, chuva ácida e frutos, pois eles podem corroer o verniz da pintura e criar manchas que só são corrigidas com repintura. 

Como voltar a usar o veículo parado

Colocar o carro em uso novamente após um longo tempo parado também pode ser desafiador. Depois de seguir todas essas dicas, a partida inicial do seu veículo será muito mais fácil, mas, mesmo assim, você ainda precisa tomar alguns cuidados. 

  1. VÁ COM CALMA COM O AR-CONDICIONADO

O ar-condicionado é um dos principais responsáveis por sobrecarregar a bateria de um carro. Além disso, este equipamento colabora para que o motor demore mais tempo para atingir a temperatura correta. A temperatura ideal permite a lubrificação embreagem, mangueiras e tubulações do compressor.

  1. TROQUE O ÓLEO (de novo)

Essa dica também é importante para o momento pós-hibernação. Se o seu veículo ficou pelo menos 6 meses sem uso, a primeira parada é na oficina: substitua o óleo para garantir que as peças estejam lubrificadas e ofereçam a performance necessária. 

Mãos de homem segurando lata de óleo e despejando seu conteúdo em motor de carro
Trocar o óleo é importante antes e na hora de voltar a usar carro que ficou parado muito tempo (Imagem: Freepik)
  1. FAÇA AJUSTES

Antes de colocar um carro que ficou meses parado em uso diário novamente, faça uma limpeza, calibre o pneu, abasteça com combustível novo e verifique o nível de óleo e outros fluidos. Estes procedimentos garantirão uma experiência melhor. 

  1. FIQUE ATENTO

Mesmo que tudo pareça estar de acordo com os conformes nos primeiros dias após reativar o seu veículo, mantenha a sua atenção redobrada para possíveis acontecimentos. É possível que tenha ocorrido algum dano: se for o caso, faça as manutenções necessárias para evitar prejuízos maiores e acidentes. 

Jovem rapaz confortável em sofá de casa acessando site da Carupi
Vender carro que vai ficar parado ficou mais fácil com a CARUPI (Imagem: Unsplash)

É melhor guardar ou vender seu carro?

Mesmo tomando todos os cuidados, ainda existe um grande risco de ter prejuízos ao deixar o seu carro parado por muito tempo. Por isso, uma alternativa interessante, principalmente para quem precisa deixar o seu veículo sem uso por muitos meses, é vendê-lo. 

Assim, você evita danos aos equipamentos e peças, e ainda gera uma renda que pode ser utilizada para comprar outro automóvel no futuro. 

É claro que esta é uma decisão difícil, e deve ser avaliada com cuidado. Afinal, vender um carro usado nem sempre é um processo fácil. Por isso, é necessário escolher a melhor forma de negociar o veículo, equilibrando praticidade e valores justos. 

A CARUPI é uma startup que surgiu para conectar compradores e vendedores de automóveis, gerando bons negócios para ambos. Diferente de classificados online e outros sites de venda comuns, a empresa se preocupa em oferecer a melhor experiência para os dois lados da negociação, garantindo pagamento 100% seguro para o proprietário. 

Outro diferencial é que a CARUPI presta um serviço concierge, desenhado para que você desfrute de total comodidade durante todo o processo. Em executivo especializado no mercado automotivo entra em cena e cuida da sua venda desde o início, buscando sempre o melhor negócio possível. Você escolhe por quanto quer vender e a CARUPI faz o resto: produz fotos profissionais de seu carro, divulga para compradores potenciais, leva e traz o veículo de test drives com interessados e filtra as melhores ofertas. O comprador só recebe o carro após o pagamento ser confirmado. O melhor? Você faz tudo isso sem sair de casa!

Não fique parado: acesse o site da CARUPI - www.carupi.com - e descubra como é muito mais vantajoso e seguro vender seu carro e fazer um ótimo negócio do que deixá-lo guardado por muito tempo.