COMPARTILHE EM SUAS REDES

O Honda Civic está com seus dias contados. Após 24 anos no mercado brasileiro, a Honda anunciou o fim da produção do sedã no país, que fica disponível no site da montadora e em lojas e concessionárias apenas enquanto durarem os estoques. A previsão de um novo Honda Civic em terras brasileiras é apenas para a segunda metade de 2022, com importação do México, provavelmente.

Neste Raio X Carupi, vamos relembrar a história deste carro que tem dez gerações e que já teve seus momentos de glória – por exemplo, quando foi mais vendido que o Toyota Corolla, líder histórico de vendas na categoria de sedãs médios no Brasil. 

Índice

Honda Civic: conheça as 11 gerações no mercado

Honda Civic sai de linha em 2021

Honda Civic 2021

Encontre seu Honda Civic na CARUPI


Honda Civic de 5ª geração produzido no Brasil em pátio da fábrica com gramado e bosque ao fundo
Primeiro Honda Civic produzido no Brasil, em 1997 (Imagem: Honda/divulgação)

Honda Civic: conheça as 11 gerações do sedã

Fabricado desde 1972, o Honda Civic é o modelo de maior sucesso da montadora japonesa. No Brasil, o veículo começou a ser importado em 1992, quando estava na quinta geração, até que, em 1997, o automóvel passou a ser produzido no país, na fábrica de Sumaré, interior de São Paulo.

Com tantos anos de história, o Honda Civic sofreu diversas alterações até chegar ao modelo atual. Acompanhe! 

1ª GERAÇÃO

A primeira geração do Civic foi fabricada entre os anos de 1972 e 1979, com uma carroceria cupê, hatchback e sedã. O modelo tinha como opções os motores 1.2 e 1.5, com câmbio manual ou automático.

2ª GERAÇÃO

Já a segunda geração do Honda Civic, produzida entre 1980 e 1983, trocou o motor 1.2 para o 1.3 e manteve o motor 1.5. Seu lançamento teve como grande novidade uma grade inteiriça, um conjunto ótico destacado e para-choques robustos e escuros.

3ª GERAÇÃO

Entre 1984 e 1987, a Honda passou a comercializar a terceira geração do Civic, que ganhou um visual repaginado e uma distância maior de entre-eixos. Além disso, a versão esportiva Si começou a ser vendida no Japão com um motor 1.6.

Honda Civic 2006 preto estacionado rente à sarjeta em rua de cidade
Honda Civic 2006 possuía linhas elegantes e sóbrias (Imagem: CARUPI)
4ª GERAÇÃO

A quarta geração teve a linha LX entre os anos de 1988 e 1991. Aqui, algumas diferenças: no modelo norte-americano do Honda Civic, já havia um trio elétrico, enquanto no modelo do Japão, os freios eram ABS e havia um controle de tração. A partir de 1989, os motores também sofreram alterações: foi lançada a primeira geração de motores VTEC com comando variável. 

5ª GERAÇÃO

Para a quinta geração, produzida entre 1992 e 1995, o Honda Civic chegou, finalmente, ao Brasil, com motores 1.5 e 1.6. Todos os carros que vinham ao país eram, curiosamente, importados dos EUA, o que permitiu a evolução nos motores, que ainda eram de 1.3 no Japão.

Nesta época, o Civic foi vendido em algumas configurações que se tornaram raras e viraram relíquias no segmento de carros usados. Entre as carrocerias estavam o hatch, o cupê e a targa, nas versões CRX e VTI. 

6ª GERAÇÃO

A sexta geração do Civic é especial para o brasileiro, pois foi quando o veículo começou a ser produzido no país. A linha, que foi vendida entre 1996 e 2000, teve sua produção na fábrica de Sumaré a partir de 1997, e os motores eram do tipo D16Y7, sem comando variável e com 106 cv de potência, e D16Y8, com comando VTEC e 127 cv de potência.

7ª GERAÇÃO

Entre os anos de 2001 e 2006, o Honda Civic mudou e saiu de fábrica com carroceria de quatro portas e motores 1.7 de 115 cv e 130 cv de potência. A suspensão dessa linha também foi revisada e ficou mais suave, graças aos amortecedores e molas, nova calibragem e barra estabilizadora.

Internamente, o Civic também ganhou algumas modificações: o porta-malas ganhou mais capacidade, o espaço interno aumentou e o assoalho tornou-se plano para os passageiros traseiros. 

8ª GERAÇÃO

Para a oitava geração, produzida entre 2006 e 2012, a novidade foi o New Civic, modelo que apresentou um design mais futurista, com painel de instrumentos em dois níveis e um motor 1.8 com câmbio automático de cinco marchas. Nesta linha, a Honda também inseriu veículos flex, além de uma nova versão Si, agora com motor 2.0 e 192 cv de potência, tornando-se o modelo brasileiro mais potente da época. 

Honda Civic 2014 branco em pátio de prédio alto com skyline da cidade ao fundo
Em 2013, Honda Civic assumiu liderança de vendas entre os sedãs médios (Imagem: CARUPI)
9ª GERAÇÃO

A nona geração (2012-2016) não teve tantas mudanças com relação ao Honda Civic anterior, porém foi ela que rendeu a liderança em vendas no Brasil no ano de 2013, na categoria de sedãs médios, ultrapassando pela primeira vez o Toyota Corolla em número de emplacamentos. 

10ª GERAÇÃO

Com lançamento em 2015, a última geração foi marcada pelo retorno da versão EXR, com a adição de airbags de cortina, nova central multimídia e navegador integrado ao painel. A Honda também disponibilizou a versão LXR com sistema VSA de controle de estabilidade e tração e HSA de assistente de partida em rampa. 

11ª GERAÇÃO

Inédito por aqui, mas já dando as caras em outros países, o destaque da mais recente geração do Honda Civic fica por conta do retorno a um visual mais conservador, com linhas mais sóbrias. O sedã também cresceu: é a versão mais comprida e larga já fabricada. O console vem cheio de interatividade digital e opções multimídia, e o carro já avança ao futuro ganhando algumas funções semiautônomas.

Honda Civic 2022 vermelho trafegando em rua urbana com lojas iluminadasao fundo
A 11ª geração do Honda Civic deve chegar ao Brasil em 2022 importada do México (Imagem: Honda/divulgação)

Honda Civic sai de linha em 2021

No início do mês de novembro, a Honda anunciou o fim de sua produção para o Civic no Brasil. Após 24 anos no mercado brasileiro, o modelo está com seus dias contados e a previsão para a importação de novos modelos – a 11ª geração do sedã – é apenas para o segundo semestre de 2022. Os estoques das lojas estão acabando e, no site da montadora, já não é mais possível encontrar algumas versões do Civic para compra

A decisão dos japoneses de encerrar a produção do Honda Civic no Brasil, bem como do Fit, partiu de algumas razões. A primeira delas é que o modelo ficou para trás na corrida com o Corolla: o Civic só ultrapassou o rival em vendas em 2013, por um breve período. Além disso, os brasileiros estão preferindo os SUVs e crossovers: com um estilo mais conservador, os sedãs médios tendem a ser mais caros, chamando a atenção de um público cativo, mas cada vez menor. 

Outra razão envolvida nessa decisão de tirar o Honda Civic de linha é a centralização da produção. Já se sabia que a Honda iria migrar toda a produção de carros para a fábrica de Itirapina (SP), deixando a planta de Sumaré com a produção de motores, planejamento, logística e peças. O alto custo para trazer e montar uma linha de produção da nova plataforma do Civic mostrou-se inviável: com um baixo volume de vendas, o valor não justificaria a importação da arquitetura modular para começar uma nova cadeia de suprimentos.

O foco de investimentos no Brasil também parece ter mudado. Enquanto o Civic e o Fit estão de saída, o City ganha reforços em tecnologia e segurança, e deve ser um dos carros-chefes da montadora em 2022, junto da  nova geração do HR-V.

Honda Civic 2021 preto estacionado junto a prédio antigo com portas de ferro marrons e paredes verdes
Honda Civic 2021 é um dos seminovos que mais valorizou em 2020 (Imagem: CARUPI)

Honda Civic 2021

Se você quer um Honda Civic na sua garagem e não quer esperar até a segunda metade de 2022 para isso, a saída é apostar nos usados e seminovos. Com dez gerações, o mercado está abastecido de ótimas opções e, provavelmente, você vai conseguir encontrar uma que caiba no seu bolso., do qual vamos falar a seguir.

Uma ótima opção é o Honda Civic 2021: o modelo conta com as versões LX, Sport, EX, EXL e Touring no mercado: Alguns dos principais itens de série dessa linha são o freio de estacionamento eletrônico com função Brake Hold, piloto automático, lanternas LED, Isofix, câmera de ré, cinto de segurança de três pontos, três encostos de cabeça, freios com sistema ABS e EBD, bem como assistente de partida em aclive, que já apareciam nos itens do Civic 2019.

Em termos de potência, o Honda Civic 2021 conta com duas opções: o motor 1.5 turbo com 173 cv de potência e o motor 2.0 com 155 cv de potência. Todas as versões do Honda Civic 2021 vêm com transmissão automática do tipo CVT e tração dianteira.  

Jovem casal sentado em tapete da sala acessando website Carupi em notebook e cão de estimação no sofá
Com a CARUPI já é possível comprar e vender carros sem sair de casa (Imagem: StockSnap)

Encontre seu Honda Civic na CARUPI

Encontrar o seu Honda Civic no mercado de usados e seminovos é muito fácil se você contar com a CARUPI. Nossa solução revolucionou a forma como as pessoas negociam seus veículos na internet: você pode comprar ou vender um carro sem sair de casa!

A primeira facilidade já está na forma como você encontra seus modelos favoritos: é só acessar o catálogo CARUPI e usar os filtros de pesquisa para procurar o carro que você deseja. São quase 1000 veículos – e esse número só aumenta – todos com garantia e emissão de laudo cautelar antes de finalizar o negócio, para garantir total segurança na sua compra.

Além disso, você pode solicitar um test-drive delivery para conferir de pertinho o modelo que escolheu. Funciona assim: nossa equipe retira o automóvel com o proprietário e leva até você, acompanhando todo o processo para dar mais segurança e tirar todas as suas dúvidas. 

E tem mais! Quando encontrar o Honda Civic dos sonhos – ou qualquer outro modelo – é só assinar todos os documentos de casa, sem burocracia e sem enfrentar filas enormes em cartórios. A CARUPI cuida da papelada e envia para você! Acompanhamos o pagamento e entregamos seu novo carro para você, com todo conforto e praticidade.

E se você quer vender seu Honda Civic, esta pode ser uma ótima oportunidade também, sabia? O Honda Civic seminovo foi, até o mês de novembro, o veículo da categoria de sedãs médios que mais valorizou em 2021: alta de 12,9%, a segunda maior entre os sedãs. 

Vendendo seu Honda Civic com a CARUPI, o negócio fica melhor ainda: em nossa plataforma, você pode definir o valor de revenda e nossos especialistas assumem a negociação para você. Enviamos um fotógrafo profissional para clicar seu carro e valorizar ainda mais seu veículo. Cuidamos da divulgação na web, tratamos com os interessados, levamos seu carro para test-drives e buscamos as melhores ofertas. Você só acompanha tudo, do conforto do seu lar, e recebe o dinheiro em sua conta após a conclusão da venda.

Seguro, fácil e vantajoso, não acha? Então conheça como funciona a CARUPI e quais são as vantagens de comprar e vender usados e seminovos de um jeito mais inteligente. Acesse nosso site e baixe nossos apps!