COMPARTILHE EM SUAS REDES

A Troller, fabricante brasileira de veículos com vocação off-road, fez história no mercado nacional com o Troller T4, o principal modelo da montadora, chamando a atenção não só dos fãs do espírito aventureiro de seus projetos, mas também da gigante Ford, que adquiriu a marca em 2007. 

Mas a trajetória de sucesso da Troller, acostumada a terrenos desafiadores, enfrentou um obstáculo intransponível em 2021: com o fim das atividades da Ford no Brasil, a fábrica da marca, que ficava em Horizonte, Ceará, também foi fechada, colocando um ponto final na trilha de conquistas da montadora. 

Por isso, neste artigo, você vai relembrar a história da Troller, conhecer detalhes do carro-chefe da companhia – o Troller T4 – e ainda entender o que aconteceu com a montadora após o encerramento das atividades da Ford no país. 

Índice


Troller T4 vermelho metálico sobre rocha em paisagem árida do Nordeste brasileiro
Troller fez sucesso entre os amantes das aventuras fora de estrada (Imagem: Troller/divulgação)

A história da Troller

A Troller é uma marca de veículos brasileira que foi fundada no Ceará, em 1995, por Rogério Farias. A empresa, porém, foi vendida, em 1997, para o empresário Mário Araripe e, em meio a todas essas negociações, foi apenas em 1999 que surgiu o primeiro – e mais famoso – veículo da marca: o Troller T4.

O modelo contava com uma carroceria de fibra de vidro, chassi de longarinas de aço e motores a gasolina de origem Volkswagen até 2001. Posteriormente, o motor passou a ser um 2.8 turbodiesel fornecido pela MWM. O T4 possuía câmbio manual, tração nas quatro rodas e caixa de redução.

No ano de 2005, a Troller mudou o T4 mais uma vez: o motor deixava os 2.8 para ser 3.0 turbodiesel, também de origem MWM. Seus atributos off-road continuavam os mesmos, bem como a carroceria de duas portas com linhas retas, característica clássica do modelo.

Pegando carona no crescente sucesso do Troller T4 no nicho aventureiro, e na tentativa de ampliar o alcance da marca, a Troller apresentou ao mercado, em 2006, a picape Pantanal, feita a partir dos mesmos componentes do T4, porém com um chassi mais alongado, cabine simples e caçamba.


Ford compra a Troller em 2007 

Logo no início de 2007, mais uma novidade: a Ford anunciou a aquisição da Troller. A notícia acabou atraindo a atenção de muita gente, pois não havia um motivo tão claro para a empresa norte-americana comprar a marca: afinal, ela podia se inserir no mercado 4x4 sem a Troller. A suspeita levantada, na época, era de que a Ford estava interessada nos incentivos fiscais da companhia cearense. 

Outro fato curioso na história da Ford com a Troller é que, pouco tempo depois da aquisição, a montadora norte-americana identificou um problema crônico na Troller Pantanal, decorrente do chassi alongado que poderia trincar as longarinas. Em um recall com as 77 unidades vendidas até o momento, a Ford propôs recomprar os carros dos donos – e a grande maioria aceitou a oferta.

A boa notícia é que, com a direção da Ford, o Troller T4 começou a receber seus primeiros ajustes visuais. A seguir, vamos conhecer mais sobre eles.

Troller T4 ano 2002 de cor prata em foto de estúdio com fundo infinito branco
Primeira geração do Troller T4 conquistou muitos fãs (Imagem: Troller/divulgação)

Troller T4

O Troller T4 foi, desde o início, o principal produto da companhia cearense. Em 2009, a Ford implementou alguns primeiros ajustes: alterou o visual dianteiro e acrescentou mais componentes de carros da Ford na cabine. 

Já em 2012, veio mais uma mudança no visual do Troller T4, que era equipado com um motor 3.2 turbodiesel de origem internacional. Essa primeira geração do Troller T4 sobreviveu de 1999 até 2014, quando a Ford anunciou a segunda geração do modelo.

Leia também: 5 SUVs seminovos para sujar de lama e lavar a alma

T4: segunda geração

O novo Troller T4 foi feito sem compartilhar, praticamente, nenhum componente das versões anteriores. Uma das principais alterações dessa segunda geração do Troller T4 foi a adoção do novo motor 3.2 turbodiesel de cinco cilindros, bem como eixos, suspensão e câmbio, todos eles herdados da Ford Ranger daquele ano.  

Além disso, o jipe ganhou mais tecnologia, teve suas dimensões aumentadas e ganhou um visual bastante moderno para a época. A má notícia é que esse é, até então, um dos últimos modelos de carros de passeio que não possuem airbag de série – algo que é, atualmente, exigido pela legislação. A Troller encontrou uma brecha na lei para não implementar o item no T4. 

Por fim, a última mudança do Troller T4 veio com a adição de câmbio automático, que levou à alteração do nome do veículo para TX4. 

Troller T4 vermelho de segunda geração atravessando trecho de lamaçal com carroceria suja de terra
Segunda geração do Troller T4 combinava design e robustez (Imagem: Troller/divulgação)

Troller deixa o mercado com fechamento de fábricas Ford no Brasil

Em janeiro de 2021, a Ford anunciou o fim de suas atividades no Brasil, com o fechamento de suas fábricas em Camaçari, na Bahia, em Taubaté, São Paulo, e em Horizonte, no Ceará, sede da Troller. 

Fatores como alto custo de produção, câmbio desfavorável, reestruturação global e a pandemia do COVID-19 fizeram com que a Ford tomasse essa decisão, que afetou diretamente a marca Troller e a produção do jipe Troller T4.

Ao contrário das unidades da Bahia e São Paulo, a fábrica no Ceará foi fechada somente no último trimestre do ano. Nesse intervalo, a Ford e o Governo do Ceará tentaram viabilizar a venda da fábrica – e a consequente sobrevivência da marca – mas as expectativas foram frustradas. As negociações foram encerradas, e o Troller T4 disse adeus ao mercado. 

Agora, quem ganha com essa decisão é o mercado de usados e seminovos, que contém bons exemplares desse jipe tão querido pelos fãs brasileiros de veículos fora de estrada, que representou com orgulho a indústria nacional em diversas competições mundo afora, inclusive no badalado Rally Paris-Dakar..

Detalhe do painel de jipe Troller T4 mostrando botões e controles variados
Troller T4 incorporou conforto e tecnologia à força e potência do jipe nacional (Imagem: Troller/divulgação)

Último Troller T4 é vendido a R$300 mil

Um indicativo do sucesso do Troller T4 no mercado veio com a enorme onda de manifestações de tristeza e decepção com o fim de sua história. Outra comprovação do destaque do Troller T4 veio de uma das concessionárias Troller de Natal: um exemplar que, supostamente, seria o último TX4 produzido, foi anunciado com o preço público de R$299.900,00, enquanto o site da montadora realizava a venda do mesmo modelo por R$198.400,00.

Em outras localidades do país, os preços também não ficaram muito atrás: unidades do Troller T4 eram comercializadas em uma faixa de R$240 a R$280 mil reais. 

Jipe Troller T4 amarelo coberto de adesivos de patrocinadores atravessando duna de deserto em rally
Troller T4 participou de diversas competições off-road no Brasil e no mundo (Imagem: Troller/divulgação)

Troller T4: preço

Para quem é apaixonado por aventura e ainda não teve a chance de ter um Troller T4 na garagem, o mercado de carros usados e seminovos pode ser a luz no fim do túnel – ou no fim da trilha, se preferir. 

Com o fim da linha de produção do T4, será preciso buscar versões colocadas à venda por seus antigos proprietários – uma alternativa, aliás, cada vez mais preferida por muitos brasileiros. Além de oferecer diversos modelos, adquirir um veículo usado ou seminovo é uma chance do comprador economizar ao investir em carros baratos.  

O Troller T4, atualmente, pode ser encontrado em versões usadas e seminovas a partir de R$65 mil, e chega até uma média de R$280 mil em modelos mais recentes. A variação de preço também depende das versões do jipe brasileiro: quanto mais antigo, menor o valor. 

Homem de meia idade sentado em poltrona de sua casa e sorrindo ao acessar app da Carupi em seu celular
Plataforma da CARUPI permite comprar diversos usados e seminovos sem sair de casa (Imagem: Adobe)

Encontre seu Troller na CARUPI!

Assim como a Troller inovou no mercado de veículos 4x4 no Brasil, a CARUPI também chegou para mexer com o coração de quem dirige e está sempre em busca do melhor negócio. Com uma solução altamente tecnológica e um formato de negociações 100% online, nossa plataforma auxilia na compra e na venda de carros usados e seminovos de forma prática, confortável e muito segura. 

São muitas vantagens, tanto para quem compra quanto para quem vende. Em nosso catálogo online repleto de modelos usados e seminovos, é fácil encontrar o modelo de sua preferência e solicitar um test-drive delivery: você recebe o carro onde preferir para vê-lo de perto e dar uma volta! Todos possuem garantia e recebem laudo cautelar, assegurando as condições do veículo. Na hora de fechar a compra, a assinatura de documentos é feita em sua própria casa, sem enfrentar a burocracia de cartórios. 

Quem vende com a CARUPI também aproveita um serviço exclusivo e inovador: nossa equipe especializada está pronta para orientar na avaliação do valor do automóvel, tirar fotos profissionais do veículo, onde ele estiver, e anunciar a venda nas principais plataformas de usados e seminovos da web. Ainda filtramos as melhores ofertas, levamos o carro para testes com interessados e cuidamos de todo o processo de transferência e pagamento.